Meu Perfil
BRASIL, Sudeste, RIO DE JANEIRO, Homem, de 46 a 55 anos, Portuguese, Música, Livros



Histórico
 03/06/2007 a 09/06/2007
 27/05/2007 a 02/06/2007
 20/05/2007 a 26/05/2007
 06/05/2007 a 12/05/2007
 17/12/2006 a 23/12/2006
 10/12/2006 a 16/12/2006
 26/11/2006 a 02/12/2006
 05/11/2006 a 11/11/2006
 29/10/2006 a 04/11/2006
 22/10/2006 a 28/10/2006
 08/10/2006 a 14/10/2006
 01/10/2006 a 07/10/2006
 10/09/2006 a 16/09/2006
 03/09/2006 a 09/09/2006
 27/08/2006 a 02/09/2006
 06/08/2006 a 12/08/2006
 07/05/2006 a 13/05/2006
 16/04/2006 a 22/04/2006
 19/02/2006 a 25/02/2006
 12/02/2006 a 18/02/2006
 05/02/2006 a 11/02/2006
 15/01/2006 a 21/01/2006
 25/12/2005 a 31/12/2005
 18/12/2005 a 24/12/2005
 11/12/2005 a 17/12/2005
 04/12/2005 a 10/12/2005
 27/11/2005 a 03/12/2005
 20/11/2005 a 26/11/2005
 13/11/2005 a 19/11/2005


Categorias
Todas as mensagens
 Citação


Votação
 Dê uma nota para meu blog


 
Blog do Luiz


VEREADORES DERRUBAM APROVAÇÃO AUTOMÁTICA

 A Câmara de Vereadores aprovou ontem,dia 5/6, um projeto de decreto legislativo (181/2007) que derruba a Resolução 946 da Secretaria municipal de Educação, responsável pela ampliação do sistema de ciclos e pelo fim da reprovação nas escolas municipais do Rio.O projeto foi aprovado por maioria, em duas discussões (27 a 7 e 25 a 3), e entra em vigor a partir da sua publicação no Diário Oficial da Câmara, o que deve ocorrer hoje, 6/6. O projeto anula também a cobrança de freqüência a cada três anos.             

(Notícia publicada no Jornal Extra)

 Graças a pressão dos profissionais de educação, através do seu Sindicato, SEPE, e toda a sociedade que se mobilizou, essa medida autoritária da Prefeitura caiu.

 A Resolução 946 representava um retrocesso para a educação e sentenciava os alunos das escolas públicas municipais do Rio à exclusão, a invisibilidade social.

 Valeu a luta, mas ela tem que continuar, com a categoria mobilizada e atenta às manobras neoliberais daqueles que não têm compromisso com uma escola pública de qualidade.



Escrito por Luiz às 23h17
[] [envie esta mensagem]



EMPREITEIRAS PATROCINARAM MAIS DA METADE DOS PARLAMENTARES DO CONGRESSO

Reportagem publicada pela Folha  deste domingo mostra resultado de um levantamento feito no TSE (Tribunal Superior Eleitoral) sobre os recursos destinados pelas construtoras aos parlamentares.

Os dados revelaram que 54,7% dos parlamentares do Congresso receberam alguma verba de empresas do setor. Ou seja, as empresas bancaram 285 dos 513 deputados (55,5%) e 40 dos 81 senadores (49,3%).

Oficialmente, as construturas destinaram R$ 27 milhões nas campanhas eleitorais.

A reportagem mostra ainda que 40% dos parlamentares financiados pelas empreiteiras são membros da Comissão de Transportes da Câmara e 37% na de Infra-Estrutura do Senado.

A reportagem revela também que o vínculo dos parlamentares com as empreiteiras tem sido o principal entreve para investigar, em uma CPI, o lobby do setor em Brasília. Segundo o deputado Chico Alencar (PSOL-RJ), um dos defensores da CPI da Navalha, Brasília tem o "partido das empreiteiras", o que deixa muita gente com o "rabo preso".

Na lista dos maiores beneficiados por recursos de empreiteiras estão o presidente da Câmara, Arlindo Chinaglia (PT-SP), e o ex-presidente da Casa, deputado Aldo Rebelo (PC do B-SP).



Escrito por Luiz às 14h31
[] [envie esta mensagem]



PROMOÇÃO AUTOMÁTICA

PELA REVOGAÇÃO DA RESOLUÇÃO 946/07,DA SME, QUE INSTITUI A PROMOÇÃO AUTOMÁTICA DE TODOS OS ALUNOS DA REDE MUNICIPAL DE ENSINO  DO RIO DE JANEIRO!

TRATA-SE DE MAIS UMA ATITUDE AUTORITÁRIA DO GOVERNO CESAR MAIA. UMA ONDA DE INDIGNAÇÃO TOMOU CONTA DE PROFESSORES, ALUNOS E PAIS QUE NÃO ACEITAM TAMANHA FALTA DE COMPROMISSO COM UMA EDUCAÇÃO DE BOA QUALIDADE.

QUE FUTURO TERÃO ESSES ALUNOS? É PRECISO MUITA MOBILIZAÇÃO PARA BARRAR ESSA MEDIDA. TEMOS QUE DENUNCIAR PARA TODO O BRASIL ESSA MEDIDA COVARDE DA SECRETARIA DE EDUCAÇÃO. QUE INTERESSES ESTARÃO POR TRÁS DESSAS MEDIDAS? NÃO SE COMBATE EVASÃO E REPETÊNCIA POR DECRETO. É PRECISO LEMBRAR QUE A DITADURA ACABOU! OU NÃO?



Escrito por Luiz às 20h55
[] [envie esta mensagem]



Os donos do mercado



 


Para o consumidor, é uma lástima ter poucas opções ao comprar. É muito bom para quem se apodera do mercado

FUSÕES E AQUISIÇÕES se aceleraram, no Brasil, nos últimos anos, principalmente de 2005 para cá. Depois da onda -pós-Plano Real- no segmento financeiro, alastraram-se por toda a economia. Vamos recapitular algumas.
Transporte aéreo: Gol comprou a Nova Varig. Planos de Saúde: Amil fez opção de compra da Blue Life, depois de já ter ficado com a carteira de planos individuais da Porto Seguro; a Medial comprou a Amesp. Supermercados: Wal-Mart adquiriu as 141 lojas do Grupo Sonae; Carrefour contra-atacou, e pagou R$ 2,27 bilhões pelo Atacadão, e lidera o mercado brasileiro. Telefonia: segundo matéria publicada nesta "Folha", "para o presidente da Comissão de Ciência, Tecnologia e Comunicação da Câmara, Júlio Semeghini (PSDB-SP), a tendência é a de que, rapidamente, restem duas grandes operadoras no Brasil, uma ligada à Telmex e outra à Telefónica".
Energia e petroquímica: Petrobrás, Braskem, Grupo Ultra são os novos donos do Grupo Ipiranga. Locadoras de DVD: Americanas.com, que já tem a Blockbuster no Brasil, agora estaria interessada na rede 2001, em São Paulo. Comércio pela Internet: Americanas e Submarino fundiram suas operações no final do ano passado; em 2005, Americanas.com já havia adquirido a TV Sky Shop, dona do site Shoptime.com.
Bebidas: Ambev (Brahma + Antarctica) somou a Cervejaria Cintra à sua carteira, e chegou a 66% do mercado de cervejas; Coca-Cola assumiu o controle dos mais de 60 produtos da Matte Leão em dezembro de 2006 e, com a Femsa (engarrafadora de Coca-Cola e dona da Cervejaria Kaiser), comprou a mexicana Sucos Del Valle.
Além de proporcionar uma bela dor de cabeça ao Cade (Conselho Administrativo de Defesa Econômica), do Ministério da Justiça -a quem cabe aprovar, com ou sem restrições, ou vetar esses negócios-, fusões e aquisições afetam diretamente o consumidor. É fácil entender o por quê.
Até hoje, quando um grupo de meninos joga bola, o mais importante do time não é o goleador, nem o goleiro que defende pênaltis. O líder é o dono da bola, que pode acabar com o jogo num piscar de olhos. Isso também vale para a economia. Quem detém mais da metade de um mercado isoladamente, ou por meio de associações com concorrentes -os cartéis-, manda.
É por isso que monopólios (em que só um controla o mercado), oligopólios (em que poucos controlam) e cartéis são (ou eram) palavrões no capitalismo. O livre-mercado, de verdade, não coabita com meia dúzia de empresas que ditem as regras da oferta e da procura.
Para o consumidor, é uma lástima (e uma ameaça) ter poucas opções na hora de comprar a passagem aérea, de alugar um filme, de fazer supermercado, de abastecer o carro, de dar um telefonema.
É um negócio muito bom para quem se apodera do mercado. Nada bom para nós, em preços, na qualidade dos serviços e na oferta de produtos em segmentos, modalidades ou locais que não interessem aos empresários monopolistas. Quem pode mais, chora menos.

Maria Inês Dolci - Folha de São Paulo



Escrito por Luiz às 23h54
[] [envie esta mensagem]



VERGONHA NACIONAL

O que você achou do aumento de 28% aprovado na Câmara para congressistas, ministros e o presidente?



Escrito por Luiz às 00h48
[] [envie esta mensagem]



O Congresso é o gato da Alice

Só pode ter sido essa a inspiração. O gato da Alice no País das Maravilhas (Cheshire Cat). Basta olhar a montagem abaixo para comprovar:



Escrito por Luiz às 00h12
[] [envie esta mensagem]



O Congresso ri do Brasil

Não poderia ser mais infeliz a decoração de Natal do Congresso Nacional. Num momento em que muita gente está insatisfeita com a tentativa de deputados e de senadores aumentarem os seus salários em 91%, as luzes na fachada do edifício parecem uma boca sorrindo... Rindo de quê? Rindo de quem? Ora, rindo de nós.



Escrito por Luiz às 00h10
[] [envie esta mensagem]



ACONTECE NA HISTÓRIA
Augusto Pinochet morreu no domingo (10/12) no Hospital Militar de Santiago, aos 91 anos, vítima de problemas cardíacos Foto: Universidade do Chile Direitos Humanos pedem que julgamento dos crimes da ditadura continue
Dezembro

A Anistia Internacional (AI) afirmou que a morte de Pinochet "não deve ser o fim da história". A organização pede que as autoridades chilenas "declarem nula a lei de anistia e prossigam com as investigações e processo de todos os outros envolvidos em milhares de casos de desaparecimento, tortura e execução durante o período de Pinochet".

Segue nota da Anistia Internacional:

"A morte de Pinochet não põe fim ao capítulo mais obscuro da história do Chile, uma etapa que esteve marcada por gravissímas violações dos direitos humanos e pela impunidade. Agora está nas mãos do poder judiciário chileno evitar que reine a impunidade no país levando perante os tribunais todos os responsáveis por graves violações aos direitos humanos durante o governo militar.

A Anistia Internacional seguirá atuando em favor de que se faça justiça às vítimas das violações dos direitos humanos cometidas durante o regime de Pinochet. Continuaremos exigindo que todos os obstáculos à justiça, especialmente que a Lei de Anistia (Decreto 2.191) promulgada durante o governo de Augusto Pinochet e que, até agora, tem protegido de processos os autores das violações dos direitos humanos seja declarada nula e sem efeito.

Nos últimos trinta anos, milhares de vítimas e familiares de vítimas de violações de direitos humanos cometidas pelo governo de Pinochet no Chile e outros países latino-americanos têm manifestado à Anistia Internacional sua convicção de que só a justiça ajudará a curar as feridas. O que reclamam, e merecem, é que os responsáveis pelos abusos contra os direitos humanos cometidos no Chile sejam julgados por um sistema judicial independente, um passo como esse o Chile mostraria ao mundo que não vai tolerar a impunidade.

Se não for feita a justiça, a mensagem transmitida será que o uso da tortura, os maus-tratos e o "desaparecimento" continuarão sendo tolerados no Chile."

O site da Anistia Internacional é: http://www.amnistiainternacional.org/




Escrito por Luiz às 23h55
[] [envie esta mensagem]



Para uma pessoa especial

Detonautas Roque Clube - Você Me Faz Tão Bem
Tico Santa Cruz
Quando eu me perco é quando eu te encontro
Quando eu me solto seus olhos me vêem
Quando eu me iludo é quando eu te esqueço
Quando eu te tenho eu me sinto tão bem

Você me fez sentir de novo o que eu
Já não me importava mais
Você me faz tão bem
Você me faz, você me faz tão bem

Quando eu te invado de silêncio
Você conforta a minha dor com atenção
E quando eu durmo no seu colo
Você me faz sentir de novo
O que eu já não sentia mais

Você me faz tão bem
Você me faz, você me faz tão bem
Você me faz, você me faz tão bem
Você me faz, você me faz tão bem

Não tenha medo
Não tenha medo desse amor
Não faz sentido
Não faz sentido não mudar
Esse amor

Você me faz, você me faz tão bem
Você me faz, você me faz tão bem
Você me faz, você me faz tão bem
Você me faz, você me faz tão bem


Escrito por Luiz às 00h53
[] [envie esta mensagem]



SADDAN HUSSEIN É CONDENADO À MORTE

Saddam Hussein é condenado à forca por crimes de guerra . O ex-ditador iraquiano Saddam Hussein e dois de seus colaboradores mais próximos foram condenados à forca por crimes de guerra neste domingo (5), em Bagdá, pelo Tribunal Superior Penal do Iraque. Eles foram considerados culpados pela morte de 148 xiitas no povoado de Dujail, em 1982.

As datas de execução da pena ainda não foram divulgadas, mas os advogados de Saddam já apelaram da sentença e o novo veredicto pode levar até um mês.

AGORA SÓ FALTA CONDENAR À MORTE TAMBÉM O BUSH.



Escrito por Luiz às 13h43
[] [envie esta mensagem]



Um pequeno raio-x das eleições (2º turno)

PRESIDENTE
1. lula(PT)
58.295.042 votos
60,83%
2. geraldo alckmin(PSDB)
37.543.178 votos
39,17%
     
Nº de votos (em %)
Votos válidos apurados 95.838.220
Brancos 1.351.448 01,32
Nulos 4.808.553 04,71
Total de votos apurados 125.912.935 100,00
Abstenções


Escrito por Luiz às 23h21
[] [envie esta mensagem]



QUE VIDA BOA!

UM TERÇO DA NOVA CÃMARA É DE MILIONÁRIOS (Folha de São Paulo)


Um em cada três deputados federais eleitos é milionário. Levantamento feito pela Folha mostra que, dos 513 parlamentares que assumem o cargo em 2007, 165 declararam ter patrimônio superior a R$ 1 milhão.

São 49 milionários eleitos a mais do que em 2002 (quando foram eleitos 116 milionários). Dos 165 deputados com mais de R$ 1 milhão, 74 são novatos e 91 estão na atual legislatura.

O patrimônio médio do parlamentar eleito também aumentou: foi de R$ 2,2 milhões para R$ 2,5 milhões. No total, os 513 parlamentares têm juntos R$ 1,2 bilhão --R$ 128 milhões a mais que os eleitos para a Câmara há quatro anos.

Levando em conta o rendimento médio mensal do brasileiro (R$ 527, de acordo com o IBGE), seria preciso trabalhar mais de 392 anos para acumular R$ 2,5 milhões.

Camilo Cola (PMDB-ES), 83, dono da viação Itapemirim, é disparado o mais rico dos deputados, com um patrimônio declarado de R$ 259 milhões. O segundo é Odílio Balbinotti (PMDB-PR), que declarou ter R$ 123 milhões.

Para o cientista político Fernando Abrucio, da FGV-SP, é impossível saber se as declarações são realmente compatíveis com a realidade.

Apesar dos números, segundo ele, muitos podem ter declarado menos do que têm. "No Brasil, não pega bem ser rico. É um país com alto índice de desigualdade. As pessoas não querem se declarar ricas. Mas não acho que seja algo singular dos políticos."

A bancada que terá o maior número de milionários é a do PFL: 38. Depois, vem o PMDB, com 37. O PSDB terá 21. As três legendas têm também o maior patrimônio declarado --total e médio. O PT terá seis milionários e é, pela média, o 16º partido em patrimônio.

Apesar do aumento do patrimônio dos deputados, Abrucio acredita que a minirreforma eleitoral --que proibiu showmícios e outdoors-- coibiu o abuso econômico e diminuiu a influência do dinheiro nestas eleições. "O que favoreceu mais foi ser conhecido pelo grande público e ter forte base social."

Devido à crise ética gerada pelo escândalo do mensalão e pela máfia dos sanguessugas, o cientista político coloca em dúvida o aumento de milionários. "Talvez haja mais gente [que já tinha mais de R$ 1 milhão] declarando suas contas agora."

A maior parte dos deputados federais milionários é do Sudeste (62). São Paulo está em primeiro na lista, com 29. Minas Gerais vem logo atrás, com 25. O Rio tem seis e Espírito Santo, dois.

O Amapá é o único Estado que não possui nenhum deputado com mais de R$ 1 milhão em patrimônio declarado.



Escrito por Luiz às 11h06
[] [envie esta mensagem]



Uma linda mensagem que uma amiga me mandou!



Escrito por Luiz às 00h49
[] [envie esta mensagem]



Ninguém merece isso!

O deputado federal mais votado do Brasil: Paulo Maluf(SP)

Fernando Collor eleito senador(AL)

Decididamente boa parte do eleitorado brasileiro tem memória curta...

 

 

 



Escrito por Luiz às 01h06
[] [envie esta mensagem]



Clodovil e Frank Aguiar engrossam bancada dos deputados exóticos

Nestas eleições, uma nova leva de famosos, exóticos e bizarros atraiu a atenção dos eleitores. Entre os candidatos, veteranos como Enéas (Prona), esportistas como Aurélio Miguel (PL), a big sister Marielza BBB (PSB) e até mesmo Fernanda Karina (PMDB), que ficou conhecida como a “secretária do mensalão” após denunciar práticas de gerenciamento de recursos de seu ex-patrão, o empresário Marcos Valério. Artistas e personalidades da televisão como Clodovil, Frank Aguiar, Juca Chaves, Wagner Montes, Sidney Fat Family e Alan do Polegar também concorreram.



Escrito por Luiz às 00h51
[] [envie esta mensagem]




[ ver mensagens anteriores ]